Meu coração se perde de carinho...

Vinicius de Moraes

Meu coração se perde de carinho  Por ti, ó pássaro oculto na noite!  Tua voz pressaga é também uma elegia  Sem mistérío; a morte de todas as coisas.  Vive no teu soluço de amor, mas o teu canto  É na realidade consolo e contentamento.  As palavras que antes escutei  Eram apenas música e traziam esquecimento  Tu me levas à poesia, ave pousada na treva.